Estudos para pequenos grupos - EPG 2008

08/2008 – O privilégio do sustento na obra de Deus

ESBOÇO

Você é mordomo de Deus na terra
Você deve se colocar a serviço
Você deve ter prioridades na administração financeira
Você deve colocar o reino de Deus em primeiro lugar
Você deve servir ao Senhor com seus dízimos e ofertas
Você deve servir ao Senhor com alegria no coração

DICAS

Um dos problemas que abate os cristãos tem sido a administração de suas finanças. A palavra de Deus tem muitos princípios por meio dos quais devemos considerar o modo como estamos trabahando e aplicando nossos recursos. Aproveite esta lição para considerar os princípios que regem sua vida financeira.

TEXTO BASE:

“Ora, assim como abundais em tudo: em fé, em palavra, em ciência, em todo o zelo, no vosso amor para conosco, vede que também nesta graça abundeis. Não digo isto como quem manda, mas para provar, mediante o zelo de outros, a sinceridade de vosso amo” (II Co 8:7,8)

PROGRAMAÇÃO

I – Comunhão…………………………………………….. 10 minutos
II – Crescimento…………………………………………… 50 minutos
III – Serviço………………………………………………… 10 minutos
IV – Compartilhar…………………………………………. 10 minutos
V – Adoração……………………………………………….. 10 minutos

PROPÓSITO DESTA LIÇÃO

O objetivo desta lição é levar você a refletir sobre a administração financeira à luz da palavra de Deus

I – COMUNHÃO

Procure fazer uma lista com os irmãos de seu pequeno grupo quais são as responsabilidades financeiras da igreja e sua importância.

II – CRESCIMENTO

Todos somos dotados por Deus com dons, talentos, habilidades, competências e formação. Os talentos recebidos da parte de Deus estão sob nossa responsabilidade, cumpre-nos exercê-los segundo as circunstâncias que estamos inseridos (Mt 25:19-20).

Você é mordomo de Deus na terra

Antes de mais nada precisamos compreender que tudo pertence a Deus (Sl 24:1), portanto nós somos mordomos do Senhor. Quando Deus criou o homem, colocou tudo sobre seu domínio, estando o homem sob o domínio de Deus, visto ser Sua imagem e semelhança (Gn 1:26).

Você deve se colocar a serviço

Assim como o Senhor, fomos vocacionados para servir (Fl 2:7 – Mt 20:28), portanto dentro deste escopo estão as riquezas materiais que temos. E, para que administremos as riquezas que nos são dadas, devemos nos guiar por princípios da palavra de Deus (II Ts 3:10).

Você deve ter prioridades na administração financeira

Somos exortados a gastar nossos recursos com prudência (Is 55:2); a trabalhar com prudência (Pv 6:6-8); a evitar dívidas (Rm 13:8); a viver dentro de nossas posses (Fl 4:11-13); a usar bem nossas economias (Mt 14:20).

Você deve colocar o reino de Deus em primeiro lugar

Sobretudo somos chamados a aplicar nossos recursos no reino de Deus, em primeiro lugar (Mt 6:33). Devemos entender que quando priorizamos o nosso deleite (Tg 4:3) em detrimento a obra de Deus, deixamos de ser abençoados (Ag 1:4-9).

Você deve servir ao Senhor com seus dízimos e ofertas

Priorizamos a obra de Deus quando reconhecemos o exercício de nossa mordomia devolvendo ao Senhor 10% de nossa renda por meio dos dízimos (Ml 3:10). Quando sentimo-nos tocado pelas necessidades da obra do Senhor, então ofertamos (I Cr 29:3,9). Tudo que aplicamos se reverte em benefícios eternos, em salvação de almas, no crescimento do reino de Deus.

Você deve servir ao Senhor com alegria no coração

Na obra do Senhor temos aqueles que são abençoados financeiramente e os que estão padecendo necessidade. Paulo nos ensina que o que tem, contribuindo com o que não tem traz equilíbrio – esta é a obra de responsabilidade social (II Co 8:15, 9:6-9).

III – SERVIÇO

Procure um ministério para conhecer suas necessidades financeiras para o bimestre e ore por elas.

IV – COMPARTILHAR

Na igreja temos um grupo orando aos domingos, às 18 h pelo culto. Faça o propósito de participar destes parceiros de oração.

V- ADORAÇÃO

Procure sondar seu coração de como está adorando ao Senhor com seus dízimos e oferta. Faça este momento o seu momento com Deus

* Estudo feito para a Igreja Batista Boas Novas – Cuibá.MT, sendo ministrado nos Pequenos Grupos na semana de 22/06/2008 a 28/06/2008

Leave a Comment