Estudos para pequenos grupos - EPG 2008

15/2008 – Não sou Deus

ESBOÇO

Somos seres limitados
Somos pecadores
Precisamos de Deus

DICAS

Ao preparar a lição, procure verificar a fundamentação bíblica de tudo quanto é dito. O que é vivo e eficaz é a palavra de Deus, não nossos argumentos.

TEXTO BASE

"Compassivo e misericordioso é o Senhor; tardio em irar-se e grande em benignidade. Não repreenderá perpetuamente, nem para sempre conservará a sua ira." (Sl 103:8,9)

PROGRAMAÇÃO

I – Comunhão……………………………………………. 10 minutos
II – Crescimento…………………………………………. 50 minutos
III – Serviço………………………………………………. 10 minutos
IV – Compartilhar………………………………………… 10 minutos
V – Adoração……………………………………………… 10 minutos

PROPÓSITO DESTA LIÇÃO

Esta lição tem por objetivo nos fazer compreender quem somos e o quanto precisamos de Deus

I – COMUNHÃO

Como somos limitados, precisamos uns dos outros. Veja se alguém do seu pequeno grupo precisa de algo especial.

II – CRESCIMENTO

O homem é um ser contradizente, ainda assim foi suportada pelo Senhor (Hb 12:3). É contradizente por pensar ser capaz de resolver todos seus problemas por contra própria (Sl 2:2,3), todavia, em aflição busca a Deus (Sl 18:6).

Somos seres limitados

A primeira e maior limitação que temos é a da existência. Neste sentido Moisés considerou que podemos alcançar 80 anos, ainda que debilitados fisicamente (Sl 90:10). Este tempo, comparado com a eternidade é como uma flor que nasce, cresce e logo seca (Sl 90:5,6). Somos limitados na capacidade física (I Rs 1:1); na compreensão das coisas que nos acontece (Dn 4:5); no uso do tempo (Sl 103:15); no conhecimento do futuro (Tg 4:14).

Ainda que o mundo exige cada vez mais a performance como condição para ascender na carreira, todo aquele que reconhece sua limitação, este encontra o Senhor (Sl 138:6).

Somos pecadores

Alguém disse que todo indivíduo tem 5 minutos de bobeira. Por mais que se tente fazer tudo certo, há sempre um descuido, erramos. E muitas vezes acarretando conseqüências terríveis. Assim é porque somos pecadores, cada um centrado em seu próprio caminho (Ez 33:17).

O Samista reconheceu sua condição de pecador (Sl 51:5), contudo não só ele como também toda a humanidade o é (Rm 3:23). Se não compreendermos esta verdade estamos enganando a nós mesmos (I Jo 1:8), todavia, quando a reconhecemos (Rm 7:15-19) então podemos confessar nossos pecados e sermos perdoados (I Jo 1:9).

Precisamos de Deus

Isaías passou pela experiência de reconhecer a si mesmo pecador somente após ver a glória de Deus (Is 6:1-5). Este é o segredo para realmente compreendermos nossa natureza – conhecer a Deus e a Seu bendito Filho (Jo 17:3). O Senhor é compassivo, misericordioso, paciente, amoroso e não vingativo (Sl 103:8-10).

Para que Jacó pudesse compreeender quem é Deus teve de lutar com o anjo durante toda a noite. De manhã o anjo o feriu e, para sua surpresa, rogou permissão para retirar-se (Gn 32:26). Foi quando Jacó compreendeu que se o próprio Deus se humilha (Fl 2:6-8), ele próprio devia fazer. Assim devemos nós reconhecermos a necessidade que temos de Deus (Sl 42:1).

III – SERVIÇO

Muitos sofrem com enfermidades. Veja se alguém entre seu pequeno grupo o conhecido deste está enfermo para que possa ser visitado e receber conforto no Senhor.

IV – COMPARTILHAR

Peça alguém compartilhar com o grupo como recebeu socorro de alguém em momento de grande aflição.

V- ADORAÇÃO

Adorem a Deus por quem você, com suas limitações e fraquezas, e por quem Deus é, o Senhor.

pensador

    http://cezarazevedo.com.br/plano-de-salvacao-por-pergunta/

    http://cezarazevedo.com.br/estudo-para-novo-convertido-0110/

    http://cezarazevedo.com.br/estudo-para-batismo-0110/

    http://cezarazevedo.com.br/ministracao-para-libertacao-interior-e-perdao/

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Rm 6:23)

Leave a Comment