Blog

Ande sobre as águas

Você sabe andar sobre as águas? Não existe experiência existencial mais extraordinária que esta. Todos sabem que Jesus Cristo realizou esta proeza e não era para menos, aquele homem é nada mais, nada menos que o Senhor do universo, toda a natureza está sob suas ordens, ele anda porque ele anda e ninguém pode contrariar sua vontade, muito menos as águas. O mais impressionante é que também a nós nos foi dado o poder de andar sobre as águas. E quem experimenta esta proeza vive com leveza porquanto caminha por trilhas jamais experimentada por um mortal, descobre aquilo que inova, que surpreende, que deixa a todos maravilhados, pois se depara com o poder criativo das pessoas por conta do desabrochar do seu potencial. Nada é mais extraordinário do que isso! Para aprender como andar sobre as águas é preciso compreender que a nós, simples mortais, água significa raças, povos, línguas e nações. Andar sobre as águas é poder caminhar com qualquer ser humano sem fazer pré-julgamento dele, sem emitir juízo de valor, sem a necessidade de se portar como detetive da vida dos outros, buscando seu pior. Andar sobre as águas é olhar para o ser humano com leveza, mesmo quando ele se levanta contra você, pois sabe que sua vida não está nas mãos de homem algum, antes todas as coisas contribuem conjuntamente para seu bem. Andar sobre as águas é confiar que o impedimento de agora pode esconder notável oportunidade ao amanhecer o dia. Andar sobre as águas é ser livre, mesmo quando perseguido, é baixar a guarda mesmo quando agredido, é absorver a ofensa mesmo quando desqualificado. Andar sobre as águas é ter a percepção de quem é e não se abalar por quem não o entende. Andar sobre as águas é saber-se incompreendido agora para descobrir-se querido depois. Andar sobre as águas é conviver com as pessoas sem ter medo do que elas possam fazer com você. Quem anda sobre as águas é livre para ser feliz. Vamos nessa?

Leave a Comment