Comentários em aos Efésios

Comentários em aos Efésios 1.1

Paulo, apóstolo de Cristo Jesus por vontade de Deus, aos santos que vivem em Éfeso e fiéis em Cristo Jesus, (Ef 1.1)

Apresentação do apóstolo Paulo a igreja de Éfeso. Éfeso era uma grande cidade da Ásia, lugar do templo da deusa Diana. Nela os judeus eram livres para ter sinagogas e adorar o Eterno, mas não conheciam Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus. Ali Paulo encontrou discípulos.

Paulo foi escolhido apóstolo pela vontade de Deus. Esta escolha era criteriosa: só quem presenciou o  ministério terreno de Jesus Cristo poderia ser apóstolo (At1.21,22). Por ser chamado pessoalmente por Jesus para o evangelho a autoridade apostólica dele era divina.

Paulo escreveu esta carta aos santos, termo estranho nos dias atuais. Ouça uma entrevista e perceba: não importa o que é dito, o conteúdo será posto em dúvida. Por quê? Ninguém é visto como santo, de tudo se duvida, logo como pode um crente em Cristo Jesus ser santo?

Santos nos termos bíblicos são crentes em Jesus Cristo porque foram justificados em Cristo Jesus.  Estes creram na morte substitutiva de Jesus Cristo; estes creram ser Jesus o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Na morte de Jesus a justiça de Deus foi toda satisfeita.

Paulo escreveu a santos transformados pelo poder de Deus mediante a exposição da palavra de Deus e atuação íntima do Espírito Santo. A carta aos Efésios foi escrita a um público distinto, mas aberto a todos que recebem esta mesma palavra, cujo centro é Jesus Cristo.

Paulo adicionou qualitativo aos santos, aos fiéis. Tornar-se santo é produto da obra de Deus, ser fiel é atitude daquele que anda com Deus. Só este lê com atenção esta carta para extrair dela diretrizes existenciais para experimentar a vontade de Deus.

Leave a Comment