Cartas

O sonho e seu significado

O SONHO

Cezar

Boa Tarde!

Minha colega me disse que um dia você interpretou um sonho para ela e aconteceu realmente tudo o que você falou na interpretação. Gostaria que o Senhor me ajudasse na interpretação de um sonho que tive.

Sonho

Passava em uma avenida de minha cidade e vi um menino de uns 15 anos, negro, magro, esperto e risonho, menino andante, gostei do menino assim que o vi e convidei-o para morar comigo, porem ele me disse que não poderia visto que ele tina mais dois companheiro que até então eu não tinha visto.

Ele me mostrou do lado direito dele um menino de mais ou menos uns oito anos e do lado esquerdo um senhor de mais ou menos 60 anos e disse mais:

Quanto ao menino, estamos ensinando ele a viver e o senhor me ensinou chegar ate aqui, por isso não posso abandoná-los agora e não abandonarei.

Então disse para ele:

Vamos jantar lá em casa esta noite, eu posso oferecer janta para os três.

Eles foram e jantaram.

No final da janta uma tomada de dentro de casa queimou e eu e meu marido saímos para consertar.

Procurei um chinelo para calçar para sair e todos que eu encontrava estava arrebentados. Eu já estava nervosa ate que encontrei um, nisso ouvi uma voz que me disse:

Para que você queira chinelo não é para você andar, você tem que voar.

Ignorei esta voz, calcei o chinelo e sai.

Chegamos a frente a uma fazenda e tínhamos que atravessa-la de um lado para outro. Paramos em frente à porteira e dei um abraço no meu marido em despedida, pois o mesmo estaria livre para partir se quisesse. Ele achou meio esquisito aquela fala.

A partir daquele abraço eu me senti leve, olhei para o pasto e vi no meio do gado um boi bem maior que os outros, de chifre e, no meio da testa do boi, tinha um chifre preto bem pequeno, meio que espinhento. Achei aquilo esquisito, falei com meu marido:

Que boi esquisito com chifre na testa!

Ele parecia feroz, me olhou e veio para me pegar. Subi em um toco bem alto que tinha na frente da fazenda e meu marido me disse;

Como você sobe? E quem vai me defender.

Fiquei pensando:

Como pode! Se ele é mais forte do que eu! E como eu o defenderei!

Desci meio sem graça e entramos na fazenda. Meu marido ia empurrando duas bicicletas, uma azul e a outra vermelha e eu estava com o fio da tomada na mão e ia saltitando pela cerca, não descia no chão.

Quando o boi vinha o meu marido falava comigo:

Ele vem vindo faz alguma coisa

Eu olhava para o boi, abria os braços e dizia:

Ahahahah.

Ele voltava para trás juntamente como os outros que o acompanhavam.

E a voz me dizia:

Não é para você saltitar na cerca é para você voar.

Olhei para o chão e via a sombra de minhas asas, eram enormes, mas eu não tinha asa. Cada vez mais eu ia ficando mais leve, na terceira vez que o boi veio a voz me disse;

Enquanto tiver medo não vai voar, tem que vencer o medo e voar cada vez mais alto.

Venci o medo e sai ao encontro do boi. Quando ele viu que eu fui ao seu encontro ele veio mais feroz ainda. Com o meu dedo indicador da mão direita coloquei no meio do chifre e o boi começou a tremer e a ficar fraco e eu a ficar forte.

Voando cheguei perto do meu marido com as duas bicicletas e peguei-o no colo e chegamos ao lugar em que íamos. Lá o povo ficou sem palavra, pois descemos de cima e não chegamos andando. Tinha uns parentes do meu marido no lugar e um tio do mesmo que tem problema no coração.

Como se nada tinha acontecido, deixei-o não chão e cheguei perto do tio dele e com a mão direita coloquei no lado esquerdo dele e disse:

Agora chegou sua vez

E ele começou a tremer, a esposa dele ficou brava comigo e disse:

O que você está fazendo com ele?

E eu disse:

Agora é a vez dele e não atrapalhe.

Quando tirei a mão ele começou a gritar:

Estou curado, não sinto mais nada.

Olhei para o meu marido e disse:

Você volta comigo ou vai ficar aqui.

Ele me olhou indeciso se fica ou não. Não esperei pela resposta e voei de volta.

Cezar, sei que é uma metáfora, pois humano não voa e boi não tem chifre na testa. Sei que tem um significado. Você pode me esclarecer.

L.

 

A INTERPRETAÇÃO

L.

Glórias a Deus se tudo quanto falei se cumpriu na vida de sua amiga. Do Senhor são os sonhos e as interpretações. Acerca de interpretação, aprendi com Daniel:

“E a mim me foi revelado este mistério, não por ter eu mais sabedoria que qualquer outro vivente, mas para que a interpretação se fizesse saber ao rei, e para que entendesses os pensamentos do teu coração.” (Dn 3:30)

Assim, a interpretação que tenho deste sonho é para que você entenda o que se passa em seu próprio coração. Duas vezes uma expressão é repetida em seu sonho:

“Para que você queira chinelo não é para você andar, você tem que voar.”

E

“Não é para você saltitar na cerca é para você voar.”

Há uma regra dada acerca de sonhos a José. Está escrito:

“Ora, se o sonho foi duplicado a Faraó, é porque esta coisa é determinada por Deus, e ele brevemente a fará.” (Gn 41:32)

Por duas vezes você é exortada a ter asas para voar. Nas escrituras só há uma condição para esta palavra se cumprir. Leia por você mesma:

“mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão.” (Is 40:31)

Portanto o sonho todo trata da necessidade de você aprender a esperar no Senhor e agir somente no poder de Deus. O menino, o outro menino e o velho diz respeito às suas atividades na igreja, seja alimentando-os na palavra de Deus, seja por meio de ação de cunho social. Creio que você tem este ministério da parte do Senhor.

A tomada queimada diz respeito as tribulações corriqueiras da vida e como você se comporta nela. Foi neste momento que lhe foi apresentado a necessidade de asas. O que demonstra que você quer resolver tudo do seu jeito, sem esperar no Senhor, atropelando o tempo. Você fica nervosa com seu esposo porque não é atendida na hora que você quer.

Esta sensação de impotência de seu esposo diante de suas necessidades tem feito você ter o desejo de achar que casou-se com o homem errado. O envolve em abraços, mas ao mesmo tempo o deixa ir. A Bíblia diz que a mulher sábia edifica a sua casa, a insensata a derruba com suas mãos (Pv 14:1). Portanto lembra que seu esposo também tem necessidade de seus cuidados tanto quanto você do dele. Leia atentamente o que Paulo nos ensina:

“A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido; e também da mesma sorte o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher. Não vos negueis um ao outro, senão de comum acordo por algum tempo, a fim de vos aplicardes à oração e depois vos ajuntardes outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.” (I Co 7:4,5)

É neste ponto que entra o touro, uma representação do diabo, que anda bramando em volta de nós tentando nos derrubar (I Pd 5:8). Você pode pensar que não tem força para agir em favor de seu esposo, mas está enganada, pois está escrito:

“Porque o marido incrédulo é santificado pela mulher” (I Co 7:14a)

É possível perceber que você entende esta lição do Senhor porque resolve lutar por seu marido, enfrentando o touro. E quando o faz percebe que ele, na verdade, não tem poder nenhum, pois está escrito:

“Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.” (Tg 4:7)

À medida que se tem experiências com Deus vamos sendo requisitados por outros, é o caso de você estar ministrando a seu tio. Leia:

“que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, pela consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus.” (II Co 1:4)

O fato de você dar opção a seu marido se ele vai ficar ou não mostra sua determinação em fazer a obra de Deus a despeito de todas as dificuldades.

Este é o sonho, esta a interpretação que a tenho. Em tudo o Senhor seja louvado.

Cezar

pensador

    http://cezarazevedo.com.br/plano-de-salvacao-por-pergunta/

    http://cezarazevedo.com.br/estudo-para-novo-convertido-0110/

    http://cezarazevedo.com.br/estudo-para-batismo-0110/

    http://cezarazevedo.com.br/ministracao-para-libertacao-interior-e-perdao/

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Rm 6:23)

Leave a Comment