sex video xnxx porno brasil Porno porno hd porno filme
Comentários no Evangelho de João

Comentários em João 13.27

Jo 13.27

"E, após o bocado, imediatamente, entrou nele Satanás. Então, disse Jesus: O que pretendes fazer, faze-o depressa." (Jo 13.27). Esta cena é uma das mais dramáticas da história e, nela, estamos diante do verdadeiro bastidor da realidade. O véu que encobre a visão foi retirado e a presença do maligno foi revelada naquele lugar. Muitos têm a ilusão que certos ambientes na terra são preservados da presença do mal porque Deus se faz presente, contudo mesmo nos céus temos relatos de reuniões onde os anjos bons e os malignos se apresentam diante de Deus, cada um deles esperando autorizações para os limites de suas ações. Deus governa para trazer o sumo bem, também governa para restringir o mal até que chegue o tempo de o cessar. Haverá o dia em que Satanás será amarrado e Jesus governará a Terra por mil anos sem a presença do maligno. Até este dia chegar Satanás permanece como o deus deste século, como fonte de tentação de todo homem, não importa o lugar que este esteja. Neste dia Satanás se arvorou o direito de assumir plenamente a vontade de Judas Iscariotes. Observe que Satanás não vai agir tão somente por meio de Judas, antes saiu daquele lugar porque tinha outros seus, já devidamente influenciados para dar prosseguimento ao trama da morte de Jesus. Satanás têm três objetivos na Terra: a) ser igual a Deus; b) ter poder religioso; e c) ter poder político. E as horas seguintes apontarão para esta convergência: o poder religioso de Israel vai se unir ao poder político de Roma para levar Jesus para a crucificação. Para cumprir este propósito Satanás influencia alguém da intimidade de Jesus para o trair. Paulo, falando sobre a liderança cristã, advertiu em muitos lugares sobre aqueles que viriam disfarçados de ovelhas, mas seriam lobos devoradores. Estes não poupariam o rebanho, antes, tendo o ventre deles como seu Deus, se tornariam inimigos da cruz de Cristo. Gente deste tipo sai da intimidade dos discípulos. Parecem ovelhas, mas sua natureza é de lobo. É preciso vigiar.

Leave a Comment